O filho pródigo que ficou em casa


(PARA LÊR DE NOVO)


O filho pródigo da parábola narrada por Jesus em Lucas 15:25-30, refere-se ao filho mais moço (15:12), e não ao filho mais velho que ficou em casa. Não obstante, falaremos a respeito deste ultimo.


Pródigo, literalmente significa “dissipador, esbanjador, desperdiçador etc”. O filho pródigo da parábola foi acusado de dissipar sua fazenda, gastar sua herança, abandonar a casa do pai e viver dissolutamente. Seu irmão mais velho, que ficou em casa, não esbanjou seus bens nem abandonou o lar paterno. Porém, tempos depois, sua atitude grosseira tanto para com seu pai como para seu irmão, que voltara arrependido, renunciando até o direito de filho (15:21), demonstra que ele era mais pródigo do que o que deixara o lar.


Os dois filhos pródigos

O irmão mais novo era pródigo por dissipar sua fazenda, sua herança; o mais velho era pródigo por dissipar a oportunidade de demonstrar o seu amor, a misericórdia e o perdão. A sua falta de amor para com o irmão e a desobediência para com o seu pai são provas de sua prodigalidade. O irmão mais moço, pródigo, fora de casa (na igreja). O mais novo, voltando arrependido, pedindo perdão, renunciando os seus direitos para ficar em casa como servo-jornaleiro.


O mais velho, apesar de estar em casa com seu pai (15:13b), assumiu uma posição inflexível e impiedosa diante do irmão que voltara arrependido. “O seu coração não sabia aprecias a graça que espera, anela, recebe e abençoa”. Nem com “bezerros cevados e música divina” ele mudou de atitude diante da volta do irmão. Antes, queria gozar com seus amigos, em detrimento do perdão daquele que estivera ausente.


O filho pródigo que ficou em casa, ao ouvir a música e ver a comida que seu pai havia preparado para comemorar a volta do filho, perguntou aos servos: “Que barulho é este?” Os servos responderam: “Veio teu irmão, e teu pai matou o bezerro cevado, porque o recebeu são e salvo” (v 17). “Meu irmão! Não!” Foi falar com seu pai, e durante a conversa usou o termo ”este teu filho” (v 30). Considerou a música e o banquete desnecessário extravagante. Ora, o momento era de alegria, de perdão, de regozijo. Já pensou que tipo de música bonita não seria aquela que o pai mandou tocar para seu filho que voltava? Porém, o filho mais velho não queria ouvir. Para esse tipo de “filhos pródigos”, a música sacra, “paternal”, não tem valor. Hoje, eles estão querendo ouvir a música profana, diante da qual nossa igrejas estão sendo ameaçadas, por tentarem agradar os “filhos pródigos modernos” que vivem dentro delas.


Dois modelos de crentes

Esses dois tipos de “filhos pródigos” são uma figura dos crentes (irmãos) que temos em nossas igrejas. Uns procurando acertar, reconhecendo seus erros e confessando seus pecados. Outros, justificando-se, cobrando os “serviços prestados” à igreja: “Tenho servido a tantos anos... nunca me deram um cabrito para comer com meus amigos” (v 29). Queixam-se de seus pastores, da igreja onde congregam, vivem sempre a se queixar.


O filho pródigo que ficou em casa é o tipo desses que vivem dentro da igreja confiando em seus próprios méritos, e sempre estão a dizer: “Sirvo aqui durante tantos anos... e nunca me deram um cabrito” (um cargo, uma posição)”. Quase sempre protestam quando a igreja recebe um filho pródigo. O quadro é triste, mas verdadeiro. “Alguns homens não alimentam sentimentos nobre para com seus semelhantes e, por conseguinte, não podem manifestar gozo pela salvação deles”, escreveu certo comentarista da Bíblia. O filho pródigo que saiu de casa viveu no mundo durante muitos anos e esbanjou os seus bens morais e espirituais. Más o importante é que ele voltou à casa paterna, e dele disse o seu pai: “Este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado” (15:32).


Vejamos agora os motivos que o filho pródigo que ficou em casa apresentou para não receber o seu irmão que havia voltado arrependido: 1) “Nunca me deste um “cabrito” para alegrar-me com meus amigos”, 2) “Mataste o bezerro cevado e tocaste música para ele, e para mim nem um “cabrito”. Sua Filosofia: Não perdoar, não recebê-lo, não fazer festa nem ouvir música. Sua doutrina: O que é meu é meu, e não o compartilho com ninguém.


A doutrina do pai era receber o filho perdido e integrá-lo na família (igreja), com todos os direitos de filho, e dizer-lhe: Filho, o que é meu é teu, e tosas as minhas coisas são tuas” (v 31).


Vejamos a diferença entre os dois filhos pródigos: O primeiro levantou-se e foi ter com seu pai, confessando os seus pecados, sem exigir nada, tão somente a sua admissão como servo (15:19). O segundo indignou-se e não quis entrar para abraçar o irmão, apresentando suas razões egoístas. O pródigo ajunta tudo, leva tudo (15:13,14), más ao voltar nem os amigos o acompanham. Somente o pai levanta-se e corre para abraçá-lo (15:20).


Se você meu irmão é um “irmão mais velho”, é “um que ficou em casa”, não despreze seu irmão quando ele voltar arrependido, confessando os seus pecados. Caso contrário, você será mais um pródigo dentro de casa (igreja), impedindo as bênçãos de Deus sobre sua vida e o direito de seu irmão voltar a ter paz com Cristo e com a igreja (sua casa).




Artigo publicado em Jul de 87

Fonte: O Mensageiro da Paz



250607

33 comentários

leonardo disse...

Que bom seria se esta mensagem fosse pregada em nossos pulpitos, pois infelismente em nossas igrejas á muitos prodigos, "não os que foram" mas os que ficaram.
Que Deus possa estar levantandos vasos compromissados com sua verdade , que em vez de pregar apenas beñçãos, possa pregar contra
tudo o que não é agradavél a Deus.
Que ELE Deus possa abençõar e dar cada vez mais para essa pessoa que escreveu da parte de Deus este sermão.
Parabéns.

Anônimo disse...

QUE BENÇÃO MEUS QUERIDOS! ESSA MENSAGEM É UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE DE PREPARAR AQUELES QUE "FICARAM" PRA RECEBER OS DE FORA. PEÇO AUTORIZAÇÃO PARA MINISTRAR EM MINHA IGREJA, QUEM QUER QUE SEJA O AUTOR...VOU FAZER APENAS ALGUMAS CONSIDERAÇÕES A MAIS...MAS VOU MANTER A ESSÊNCIA...É PODER!!!!!!!!!

Anônimo disse...

QUE BENÇÃO QUERIDOS É BEM VERDADE QUE SEMPRE OUVIMOS E TAMBÉM PREGAMOS SOBRE A PARABOLA DO FILHO PRODIGO OLHANDO SEMPRE AO QUE FOI E NÃO AO QUE FICOU POREM E TEMPO DE FAlAR NÃO SÓ NO QUE FOI MAS TAMBEM NO QUE FICOU POIS A SITUAÇÃO DE AMBOS ERA A MESMA E MUITAS VEZES O QUE FICA É MAIS PRODIGO DO QUE O QUE FOI POIS O QUE FOI AINDA MOSTROU QUE TINHA INTIMIDADE COM O PAI AO PONTO DE TER OUSADIA PARA DIZER PAI DA-ME A PARTE DA MINHA HERANÇA.

Anônimo disse...

dentre os dois filhos deste pai o que dá a entender é que o que fica sofre mais do que aquele que sai porque temos muitos filhos pródigos dentro das igrejas que estão cansados dos cultos das reuniões de suas responsabilidades na igreja mas não tem coragem de se manifestarem estão perdendo o seu tempo porque o que saiu demonstrou sua insatisfação,sofreu e se arrepemdeu a tempo e conseguiu perdão e quanto aos filhos prodigos dentro da igreja indecisos e jesus vem e daí?

bruno disse...

todos sem exeçÂo somos filhos prodigos e precisamos voltar a casa do Pai ou seja ao nosso primeiro amor.

Anônimo disse...

Parabéns, tenho 31 anos que sou cristã batizada nas aguas e nunca tinha ouvido ou visto, essa parte da parabóla..
Ralmente em nossa igreja estão cheias de filhos pródigo, no perfil do que ficou em casa...
Precisamos reciclar, rever valores,
porque se não Jesus vai voltar, e ficarão os filhos pródigos... ai sem entender o porque de ter ficado.
Parabéns ao autor. e que Deus continue abençoando a todos hoje e sempre. Dourado/Anápolis Go

Anônimo disse...

QUE MENSAGEM ESPIRADA POR DEUS SINTO VALTA DESTA MENSAGEM. HOJE NUS NOSSOS PULPITO.MUITA FALANÇA MUITO IGANO. REOMENTE TEM MUITO FL. PRODIGO NA CASA DE DEUS . EMPEDINDO OTRABALHAR DE DEUS NA VIDA DA QUELAS PESSOAS QUE RETORNA
MAS DEUS ESTA VENDO TUDO
AMEM Q DEUS NUS ABENÇOA

Milena disse...

seria otimo que esse texto fosse enviado para os imails dos internaltas pois sera de grabde ajuda as pessoas do mundo.Eu nao sou batizada mas vou a igreja e participo da igreja adventista do 7 dia.Penso em me batizar na igreja que prega a verdade.

lisionelinux disse...

Penso que os pregadores deveriam estar sobre a direção do Espírito Santo para trazer a mensagem ao povo. Tenho certeza que falar sobre o irmão que ficou fará a igreja crescer e ser avivada.Pois muitos que estão dentro não pararam para meditar. Será que sou um filho pródigo dentro da igreja? E se for é tempo de voltar ao pai que sempre estará esperando de braços abertos. Graças a Deus.

claudiomar disse...

Bom queridos o filho prodigo se arrependeu e voltou para casa do pai,o pai dividiu os bens com os dois filhos,,,,mesmo assim o mais velho ainda reclamou com pai......outra o mais moço conhecia o pai,sabia que pai tinha misericordia omais velho nao tinha intimidade com pai,nao conhecia o coraçoa do pai porque se conecesse nao agiria assim ,,,,,,,,,,,,,,graça e paz...

Anônimo disse...

André MKW disse...
muito legal a postagem sobre essa parábola vou utilizar conceitos da mesma para o estudo bíblico de amanhã na EBD da minha igreja

João Serra disse...

o filho que ficou estava real mente perdido, pois tinha tudo, tudo mesmo a seu favor, e não usufruia por causa da sua cegueira espiritual, um coração pobre jamais poderá ter consciencia otimista.

jose laecio pereira dos santos disse...

LAECIO

QUE MARAVILHA ESTA MENSAGEM AINDA BEM QUE DEUS INSPIRA PESSOAS PARA ESCREVER MENSAGENS DESTA ENVERGADURA POIS ME ENCONTRAVA COMO O FILHO Q FICOU EM CASA E ISTO ME FEZ REFLETIR MELHOR QUE DEUS O ABENÇOE E CONTINUE TE USANDO DESTA FORMA.

Hozana Araújo disse...

Que revelação tremenda, estava pesquisando exatamente sobre o filho que ficou em casa e encontrei uma mensagem além das minhas expectativas, estarei ministrando ainda hoje para a igreja que pastoreio. Deus continue te usando na revelação da sua palavra. Paz.

Débora disse...

Bem, esse artigo muito me auxiliou pois a alguns dias Deus me incomodou a pensar sobre como o irmão mais velho reagiu a volta do mais novo...vou passar essa rev elação adiante a fim de que não sejam atrasadas as bençãos que o Senhor reserva para todos os seus filhos.

Paz seja covosco!

sou adventista do 7 dia disse...

a paz do senhor,fiquei muito feliz em conhecer essa parabola por esse angulo,é uma realidade estamos tão preocupados com o que os filhos que sairão das igrejas fizeram lá fora que esquecemos do coração quebrantado,arrependido e contrito que o fizeram voltar,que Deus continue te usando

Anônimo disse...

Que o Senhor Jesus continue te usando para transmitir estas verdades bíblica que não pode ser esquecida, são realidade vivida dentro de nossas igrejas, um evangelho de filhos velhos, que o Senhor coloque em nós o amor que estava em moisés, "Senhor perdoe os pecados do povo ou risca o meu nome do teu livro"

Milton Fagundes

Ruy Santos disse...

poxa ainda existe homens de DEUS na terra,que a Graça e a misericórdia do Senhor seja na tua vida hoje e sempre.

Ruy Santos disse...

poxa ainda existe homens de DEUS na terra,que a Graça e a misericórdia do Senhor seja na tua vida hoje e sempre.

Anônimo disse...

Nossa muito lindo esse sermão, mim senti tocado com ele, Irei prega domingo, e irei fala essermão para meu irmão adventistas que DEUS nos abençoe,e que todos nós sejamos como o filho arrependito q volta para os braços do pai amém

Anônimo disse...

ESSE SERMÃO ESTÁ UMA BENÇÃO,MUITO BEM EXPLICADO,DEUS ABENÇOE O AUTOR.

tayane ketlim disse...

a paz do senhor a todos mais isso é verdade mesmo pessoas estão brincando com a palavra de Deus pois o meu nome é tayane eu fico feliz pois estar participando desse saide vou estar pregando sobre os filhos prodigo valeu essas mensagens me ajudaram muito a paz do senhor que Deus possa estar abençoado a todo se caso querem fazer agenda para eu pregar o meu e-mail é bulktayane@gmail.com ou thayane-ketlim@hotmail.com numero é (41)98917579

tayane ketlim disse...

a paz do senhor a todos mais isso é verdade mesmo pessoas estão brincando com a palavra de Deus pois o meu nome é tayane eu fico feliz pois estar participando desse saide vou estar pregando sobre os filhos prodigo valeu essas mensagens me ajudaram muito a paz do senhor que Deus possa estar abençoado a todo se caso querem fazer agenda para eu pregar o meu e-mail é bulktayane@gmail.com ou thayane-ketlim@hotmail.com numero é (41)98917579

tayane ketlim disse...

a paz do senhor a todos mais isso é verdade mesmo pessoas estão brincando com a palavra de Deus pois o meu nome é tayane eu fico feliz pois estar participando desse saide vou estar pregando sobre os filhos prodigo valeu essas mensagens me ajudaram muito a paz do senhor que Deus possa estar abençoado a todo se caso querem fazer agenda para eu pregar o meu e-mail é bulktayane@gmail.com ou thayane-ketlim@hotmail.com numero é (41)98917579

Ana Maria disse...

A paz Amados! Li essa passagem por ene vezes, pois tem muitos pródigos lá fora e realmente é muito díficil ver alguém orando e batalhando para trazer esses desviados para a igreja... falta amor mas um amor verdadeiro... A paz amados

pr sergio disse...

pr segio olha que tremendo essa mens eu achei q estava ficando louco quando Deus me revelou a mesma mens eu pensava q era so eu q achava q os dois filhos estavam longe do pai

pr sergio disse...

pr segio olha que tremendo essa mens eu achei q estava ficando louco quando Deus me revelou a mesma mens eu pensava q era so eu q achava q os dois filhos estavam longe do pai

pr sergio disse...

pr segio olha que tremendo essa mens eu achei q estava ficando louco quando Deus me revelou a mesma mens eu pensava q era so eu q achava q os dois filhos estavam longe do pai

GILBERTO SOUZA disse...

QUE A GRAÇA E A MISERICORDIA PERMANEÇA EM NOSSAS VIDAS , PARA NÃO SERMOS JUIZES DENTRO DE CASA (IGREJA) DEUS É JUIZ NÃO NÓS , AMEMOS CADA UM COMO CRISTO NOS AMOU

A.chissaque disse...

Recebi o chamado a poucos anos, e a mensagem que acabo de ler, renasce a qualquer pródigo que ficou e perdeu seu rico tempo bem perto do Salvador! Deus abençoe a este mundo! A.Chissaque.

elmar disse...

Maravilhoso... a herança ou os bens do Pai foram dissipados pelo filho pródigo que saiu, mas o filho que ficou dissipou a herança, ou os bens do Pai, por não saber usá-los. Assim sendo, a nossa herança pode se perder quando deixamos de usá-la, por falta de conhecimento ou outros motivos
Deus abençoe a todos

Israel disse...

A parábola do filho pródigo é realmente muito emocionante. Aprendo muito, como
Deus trata conosco como filhos queridos e amados. Deus abençoe!

VFO disse...

No coração do filho pródigo tinha o mesmo arrependimento do rei Davi quando pecou"Pai, pequei contra os céus e contra ti", A um coração contrito tu não desprezarás ó DEUS. Sl 51, 17
Glória a DEUS.